Materiais do cotidiano ganham apelo artístico em exposição

14:20 Simone Bello 0 Comentários

Jornais, papéis lisos e tule. Esses foram alguns dos materiais que a artista plástica Silvana Camilotti utilizou para criar os quadros da mostra "Dobras na Memória", em exposição no Hospital VITA Batel, de 17 de fevereiro até o dia 16 de abril. A entrada para conferir as obras é gratuita.

A ideia, segundo Silvana, é transformar objetos cotidianos que se desgastariam facilmente. Por isso, as obras ganharam títulos como "A Última Memória" e "A Sabedoria da Incerteza", um comparativo entre a efemeridade dos objetos e da vida humana. "Nos quadros, os materiais perdem a função original e passam para outro contexto, incorporam a obra e se revigoram", explica a artista.

Além de colagens inusitadas, as obras foram pintadas com tinta acrílica - ou seja, feitas a partir de técnica mista. As telas em estilo abstrato, que começaram a ser elaboradas em 2009, apresentam elementos disformes em tons de marrom, preto, vermelho e azul, que mesclados dão origem a novas e curiosas cores.

Serviço:
Mostra "Dobras na Memória", por Silvana Camilotti
De 17 de fevereiro a 16 de abril, de segunda-feira a domingo, das 8 às 18h
Onde: Hospital VITA Batel - Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1.896 - Batel, Curitiba
Entrada gratuita

Fonte: Central Press

Você também pode gostar de:

0 comentários: