Traquejo social no trabalho, você tem?

16:48 Simone Bello 0 Comentários


Ainda dá tempo de participar do workshop no dia 2 de maio para saber o que as empresas querem dos seus colaboradores.

A competição no mercado de trabalho, somada à característica de um mundo cada vez mais heterogêneo, impeliu um novo desafio para quem almeja ser um profissional bem sucedido no ambiente corporativo. Junto ao domínio técnico, as organizações vêm avaliando e apreciando uma série de qualidades comportamentais e de relacionamento. Entre elas, estão duas velhas conhecidas: Educação e Respeito.

Saber conviver com pessoas de idades diversas, opções religiosas distintas, culturas, hábitos e opções sexuais diferentes são alguns desafios enfrentados pelo colaborador atual, e qualidades muito apreciadas pelos empregadores, segundo a especialista em etiqueta corporativa e social, Silmara Leite Ribeiro Santos, diretora da Pitacos Marketing e Eventos.  Ela observa que para lidar bem com este cenário é preciso ter o que chamamos de “traquejo social”. E para isto “a boa educação e o respeito são essenciais”, afirma.

Situações tão delicadas quanto essas ou até mais, bem como direitos e deveres de líderes e liderados, empresários e colaboradores, serão apresentadas no workshop sobre Etiqueta Corporativa - “Seu comportamento, sua imagem”, no próximo dia 2, às 19h30.  O evento será realizado pela Pitacos Marketing e Eventos, em função do Dia do Trabalhador, no hotel do Centro Europeu, na Praça General Osório, 61, Centro. 

As empresas que inscreverem mais de 5 colaboradores ganham uma inscrição gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3045.2460 ou pelo site: www.pitacosdasil.com.br.


Fique atento a essas dicas


Comportamento

Segundo a especialista Silmara Leite Ribeiro Santos, entre as características comportamentais e de relacionamento mais observadas dentro das empresas estão:

- A forma com que o colaborador se relaciona com os colegas de trabalho;

- Autocontrole;

- Capacidade de conviver com as diferenças;

- Capacidade de influenciar;

- Forma de lidar com as dificuldades do dia a dia;

- Arrojo para contribuir e colocar em prática novos planos e ideias;

- Postura adequada ao usar a internet, especialmente redes sociais;

- Comportamento apropriado ao receber visitantes, participar de reuniões, viagens de negócios e eventos empresariais.

Imagem

- Cuidados com vestuário, higiene, comunicação oral e escrita também contam pontos e se não forem levados a sério podem impedir uma contratação ou prejudicar uma ascensão profissional.

“A boa apresentação e comportamento adequados vão revelar a sua boa educação e, consequentemente, a adequada e esperada postura pessoal e profissional”, finaliza Silmara.

Fonte: Jornalista Sandra Santos

Você também pode gostar de:

0 comentários: